Páginas

4 de janeiro de 2013

Os Três Porquinhos (Versão Universal)

- Humor Cristão -

E como seria a história dos três porquinhos se fosse escrita pela Universal?

O Dizimista Fiel

Houve um homem de Deus membro da nossa igreja e dizimista fiel que tinha dois irmãos sujos (Porcos) e endemoniados, um dia ficou decidido que heveriam de se separar, cada um iria para um lado, o primeiro irmão que era Pentecostal construiu uma igreja de palha para que assim "Quando Deus fizesse descer fogo a palha queimaria  mais rapido e fácil", gabou se ele.

O Segundo irmão que era tradicional, construiu uma igreja de madeira, porque como todos tradicionais, ele tinha a cara de pau e usava óleo de peróba

O Terceiro irmão, como já contamos, que era dizimista fiel, usou a cabeça e construiu a casa mais forte e resistente, uma casa de tijolo, uma grande e estimada casa de tijolo e a chamou de Cenáculo do Espirito, e repousou tranquilo.


Naquela mesma noite um homem terrivel, um verdadeiro lobo carniceiro estava rondando por aquelas redondezas quando viu as casas pensou logo em invadilas e destruir os que ali habitavam, quando se aproximou da primeira casa, a de palha, ele gritou:

- Saia daí miseravel ou vou soprar e sua casa de palha eu vou derrubar!


Ao ouvir uma voz vinda lá de dentro negando abrir a porta ficou enfurecido e soprou, e porquê o pentecostal curtia o mover, caiu no chão alegando ter sido envolvido pela unção do sopro, sua casa voou, e ele correu para a casa de madeira.

O Lobo carniceiro sentindo o faro de mais endemoniados seguiu o rastro até a casa de madeira, chegando lá começou a gritar:

- Saiam já daí miseraveis ou eu vou soprar e sua casa de madeira eu vou derrubar!

   Ao ouvir vozes vindas lá de dentro negando abrir a porta enfurecido o lobo soprou, soprou mais forte, a casa quase resistiu mas tombou porque era levada por qualquer vento de doutrina, e assim os dois homens porcos e endemoniados correram para o cenáculo do Espirito.

O Lobo sanguinário relutou em se aproximar da casa de tijolo, mas sua fome e maldade falavam mais alto, chegando perto o lobo gritou:

- Saiam já daí miseraveis ou vou soprar e sua casa de tijolos eu vou derrubar!

Ao ouvir uma gargalhada seguida de vaias o lobo ficou elouquecido de raiva e começou a soprar, ali ele soprou, soprou, soprou... perdeu o folego e desistiu de soprar, mas teve uma idéia, quis entrar pela chaminé, subiu no telhado e pulou na entrada da chaminé, caiu na fogueira santa e ali Deus mandou fogo e por sorte era terça feira do Descarrego e os obreiros cercaram o lobo e assim ele foi exorcizado.


Ninguem saiu dali sem pagar o dizimo e as ofertas.

Assim o homem dizimista teve sua fé honrada e conseguiu converter aqueles endemoniados, o pentecostal e o tradicional.
  

Por Felipe Henrique
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem!
Comentem!