Páginas

28 de abril de 2012

WWWar

Uma brilhante produção de Gustavo Horn, e a guerra virtual está iniciada, quem será que vencerá!

26 de abril de 2012

O Mundo Mágico do cinema #1

- Humor Cristão -

Alô hermanos! Como muitos que me conhecem já sabem, estou empregado novamente só que dessa vez num lugar mágico, no cinema, onde tudo pode acontecer e acontece, quebrando todas as regras do conceito de Las Vegas "O que acontece lá, morre lá" estou lançando essa série para mostrar todas as coisas engraçadas e irritantes que nós temos que passar no meu local de trabalho, são situações inusitadas então peço que se divirtam e desde já convido a todos vocês leitores do Leleke Visita a entrar no MUNDO MÁGICO DO CINEMA


"O que responder?"

25 de abril de 2012

Mais uma DOUTRINA de um OUTRO evangelho



Trocaram o clássico, “curados em nome de Jesus” por, “venha o reino e sejam todos curados [caso contrário, só se não tiver fé ou estiver em pecado]”.

Isso mesmo!

Dentre muitas coisas esquisitas [transferência de unção, cobertura espiritual, apóstolos e até novos patriarcas, pastores sacerdote, sacrifícios de fé - só que em forma de dinheiro - reconstrução de templos, ministérios levíticos e mil e um outros dógmas], existe mais uma que diz que crente só fica doente [ou não é curado] porque não tem fé suficiente em Deus. Dizem que a fé nos cura de todas as doenças, pois no reino do céu não existe enfermidade.

A treta é que têm um montão de crente enchendo os hospitais – crentes de todas as denominações. Mas segundo esta doutrina, crentes nestas condições ficaram expostos a uma ação maligna porque pecaram contra Deus ou porque não têm fé suficiente.

Inevitável!
Pois quando um desses prosélitos fica doente, é crise na certa – crise de fé. Pela falta de cura, decepcionam-se com tudo e todos – ninguém escapa. Dai em diante vem a rejeição sobre qualquer assunto. E se alguém quiser tentar apresentar o verdadeiro evangelho, terá que lidar com um problema maior.

Mas graças a Deus por nosso Senhor Jesus Cristo e também pelo Espírito Santo.

O problema está na falta de conhecimento das “escrituras e do poder de Deus”.

Desconhecem que Eliseu, o profeta, padecia da enfermidade que o levaria a morte [2RS 13.14].

Desconhecem o problema estomacal e as freqüentes enfermidades [isso mesmo: freqüentes enfermidades], de Timóteo [1TM 5.23].

Desconhecem o tal amigo de Paulo, Trófimo, que havia sido deixado por Paulo em Mileto [2TM 4.20].

Desconhecem o próprio espinho da carne de Paulo, que apesar de suas orações e súplicas, não fora atendido por Deus – continuou padecendo desse mal [2CO 12.7-9].

Desconhecem a tal doença de Paulo que era evidente para os gálatas [GL 4.14].

Desconhecem que Epafrodito estava mortalmente doente quando fora visitar Paulo em Filipos [FL 2.26-27].

Desconhecem os sofrimentos de Jó [JÓ 2.7-8]; a cegueira de Isaque [GN 27.1].

Isso mesmo!
Homens fiéis e santos também foram vítimas de enfermidades.

Sugiro que continuem a pesquisa.

Saibam que doenças nem sempre significam a falta de fé.

Saibam que Deus é soberano e, neste sentido, se reserva o direito de curar a quem Ele quiser. Ele não é escravo dos desejos e frustrações humanas, nem das modas de doutrinas esquisitas. Mesmo assim, sempre orarei pedindo a Deus pela cura, de mim mesmo, da minha família e meus familiares, e também de todas as pessoas. Mas não apoiarei a fé que tenho nEle pela cura que poderá ou não se realizar.


Fonte: Tropical

20 de abril de 2012

Linguagem de cego?!

- Humor Cristão -



Não, Libras é a linguagem dos cadeirantes... õÔ

Riam da vida gente!

19 de abril de 2012

Micos de crente [8]

- Humor Cristão - 



Fiquei com dó do IRMÃO JHON que está no FOGO e nem dorme mais... por outro lado deve ser bom estar no FOGO e dar vários MORTAIS como o ERIC que tem videos no youtube até RODANDO no RETETE TOTAL õÔ 


17 de abril de 2012

Conhecer a Deus...


E fazê-Lo conhecido.


Pra quem não sabe, esse é o lema da JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e nos últimos dias também reconhecemos como grupo Resgate de evangelismo, que esse também é nosso lema. E não só nosso, mas de cada pessoa que se diz filho de Deus.
Nós sabemos que só conseguimos falar daquilo que vivemos, não é verdade? Se falamos algo do qual não vivemos, as palavras até podem ser boas, mas não vão causar impacto em ninguém. A vida de quem só fala e não vive não causa diferença, é sem sal, sem gosto, tão morna. Mas Deus tá aqui e tá despertando e mostrando pra gente que ei, se queremos servir pelo menos pra alguma coisa no Reino, a gente tem que começar a se mexer. A gente tem que começar a viver o que prega e já. Mas, pra viver o que se prega, é preciso de conhecimento. É preciso conhecer a Deus, é preciso de relacionamento com Ele pra poder O fazer conhecido, pra mostrar que realmente, aquilo que vc fala tem autoridade porque vc vive suas palavras, você já provou desse Deus e tem buscado provar cada vez mais. O conhecimento de Deus é constante, quanto mais vc aprende, mais tem o que aprender e consequentemente, o desejo necessário de se pregar o evangelho surge em nosso coração como um turbilhão, e também tende a crescer. Cabe a nós nos esforçar para que a chama não diminua e clamar a Deus para que também nos ajude a mantê-la aquecida e cada vez mais acesa, para glória dEle.
E em alguns desses dias de feriado, o Projeto Resgate de evangelismo da minha igreja local provou isso e teve umas experiências abençoadoras com Deus. A gente cresceu, chorou, sorriu, brincou, estreitou os laços de comunhão, mas acredito que o mais importante de tudo foi a chama do coração ainda mais aquecida. Foi a fome por fazer mais, por ver mais almas se derramarem, não só quando formos sair em campanhas, mas no nosso dia a dia, no colégio, no trabalho, na própria família.. ver aqueles adolescentes tendo uma experiência real com a presença e o poder de Deus foi e está sendo lindo; ao perceber os olhos marejados ao falar do que eles sentiram de diferente nesses dias.. não tem preço, e nunca terá ver almas tão jovens tendo experiências e passando por situações que muitos de 40 anos de igreja nunca passaram. Ao ver que eu sou uma adolescente e estou no meio daqueles outros adolescentes e jovens que estão loucos por Deus e que estão aprendendo a sair de suas casquinhas que serviam para se esconderem atrás de experiências dos outros e estão indo correr atrás das suas. São pessoas que nos fazem crescer, são irmãos abençoados, pessoas que estão encontrando seu valor em Deus e aos poucos, impactando os mais diferentes corações.
Foi uma experiência única não saber o que falar e o amor de Deus simplesmente fluir de nossos lábios nas abordagens. Foi tremendo não fazer ideia de como puxar assunto com pessoas que nunca havíamos visto na vida e começarmos a entrar na vida delas, a conhecer um pouquinho delas. Tanta gente desviada, tanta gente ferida com igrejas, tanta gente que clama por Deus só pelo olhar.. e nós podemos perceber que a criação aguarda ardentemente e com expectativa a manifestação dos filhos de Deus (Rm 8:19). No primeiro dia Deus falou que nesse impacto os tímidos iriam falar com as pessoas nas abordagens (que sempre acontece depois das ministrações de artes), e os que já tinham experiência em abordar iriam se surpreender. Tivemos só duas saídas pra rua, mas nas duas tínhamos a completa noção de que não éramos nós ali; que era Deus indo à frente e o poder dEle estava em nós, o que nos dava a tranquila percepção de que nada era nosso e que nada a gente ia ou podia fazer… estávamos e assim como devemos ser em todos os dias, como pessoas que só estão sendo usadas por algo muito maior que elas. E o Senhor mostrou e agiu e falou e ministrou. E nós fomos mais impactados acredito do que aqueles que receberam a Jesus e decidiram que queriam conhecê-Lo melhor.
O que a gente viveu lá, ninguém toma de nós. Podem querer acabar com a gente, com nossa fé, com nossas bíblias, com qualquer outra coisa, mas o que a gente aprendeu de Deus, isso ninguém toma. O que a gente sentiu ao chorar junto com o perdido, ninguém tira. O que a gente viveu quando falamos do Único amor que satisfaz pra adolescentes perdidos na noite cheios de bebidas, que minutos antes haviam debochado da pirofagia e das outras ministrações, ninguém arranca de nós. Nunca ninguém vai ser capaz de tirar do nosso coração ver esses mesmos adolescentes com os olhos não se contendo de tantas lágrimas, chorando junto com a gente, por que estavam clamando por algo diferente, algo maior que eles, algo que preenchesse aquele vazio que insiste em estar no coração deles.
Mas o mais importante vem agora. Por incrível que pareça, o mais importante não é sair na rua e proclamar, esse é o passo fundamental porque sem ele os outros não acontecem, mas o que mais tem importância é o discipulado. É caminhar com essas almas que se renderam ao Senhor. Nós sabemos que não vai ser fácil, mas se Jesus que é o Senhor de tudo não desiste de nós, porque deveríamos desistir dos outros? O amor é entrega. E se a gente não se entregar no evangelismo e no discipulado, não vamos viver esse amor completamente. É necessário entrega e paciência com amor, porque sozinhos eles não podem ir, e Jesus tem nos chamado para sermos esses suportes(Cl 3:13), para sermos aqueles a quem Deus vai usar como canal para firmar essas vidas.
Em hipótese alguma devemos duvidar do que Deus pode realizar, porque se a gente busca conhece-Lo melhor, Ele vai nos recompensar, e parte dessa recompensa é sermos usados para a incrível missão de fazê-Lo conhecido, até mesmo na vida de adolescentes que numa hora debocharam e na outra, sentiram o amor de Deus, ou “algo especial” como um deles mesmo disse.


Glória a Deus!


Twitter: @arlenekanaki

Controle dos pais ativado

- Humor Cristão -


16 de abril de 2012

Pequei novamente, e agora ?

 


- Vida Cristã-  
A paz ?! Como vão nessa segunda feira ?? 
Hoje quero falar sobre um tema que tenho vivido nesses dias :  PECADO
Sabe quando aquele pecado te atrai e você deixa de vigiar, de buscar a Deus e fica mais fraco, pois é irmãos, eu estava assim e durante o culto de Domingo Deus falou muito comigo sobre arrependimento, deixar o erro... E sei que Deus sempre nos "chama a atenção" não porque ele seja um carrasco, mas porque ele é um Deus de amor e nos quer perto. Porém Deus é Santo e não pode ter lugar para o pecado na sua vida, pois " o nossos pecados fazem separação entre nós e Deus" ( Isaías 59:02)
Irmãos uma coisa me consumia muito, era a minha vergonha de pedir perdão, mas gaças a Deus eu consegui mudar isso e sei que tenho sempre o perdão de Deus (Lembre-se que isso não é desculpa para pecar) e sou feliz por isso. 
Não vou escrever muito hoje, mas quero deixar esse trecho para Leitura: 

Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto.

Bem-aventurado o homem a quem o SENHOR não atribui iniquidade, e em cujo espírito não há engano.

Enquanto calei os meus pecados envelheceram os meus ossos, pelos meus constantes gemidos todos os dias.

Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. (Selá.)

Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a iniquidade do meu pecado. (Selá.)

Por isso, todo aquele que é santo orará a ti, a tempo de te poder achar; até no transbordar de muitas águas, estas não lhe chegarão.

Tu és o lugar em que me escondo; tu me preservas da angústia; tu me cinges de alegres cantos de livramento. (Selá.)

Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos.

Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio para que não se cheguem a ti.

O ímpio tem muitas dores, mas àquele que confia no SENHOR a misericórdia o cercará.

Alegrai-vos no SENHOR, e regozijai-vos, vós os justos; e cantai alegremente, todos vós que sois retos de coração.
Salmos 32:1-11
Rachel Cristina, ( @onlyqueel)