Páginas

19 de novembro de 2012

Quem tem ouvidos, ouça !


Citação do dia
"Assim, pois, como diz o Espírito Santo: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração como foi na provação, no dia da tentação no deserto.”  - Hebreus 3:7-8

Uma das coisas que me espanta e incomoda é a frieza e a rigidez na qual levamos o nosso relacionamento com Deus, e também a nossa vida cristã. Tenho visto isto nos jovens da minha congregação, nos meus amigos de trabalho e em muitos que se dizem, ou disseram, cristãos. Vejo isso até mesmo em mim. Corações duros, feitos de pedra, solos inférteis e cheios de espinho.
O amor da Igreja esfriou-se, ou melhor, ficou morno. Vamos a igreja regularmente, cantamos louvores, oramos ao acordar e ao dormir, fazemos devocionais e até jejuns. Fazemos as obras, mas esquecemos a mais importantes de todas elas:
” Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de  todo o teu coração, de toda a tua alma e detodo o teu entendimento. Este é o grande primeiro mandamento.”
Em todos os versículos em que Deus fala do nosso amor para com ele, sua palavras são claras:
“  Amarás o Senhor, teu Deus, de  todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento.”
Você pode amar o seu namorado mais ou menos, seus pais mais ou menos, sua vida mais ou menos, mas Deus não! Você deve amá-lo de todo o seu ser, com tudo que você é! Eu e a Sílvia gostamos muito da carta à igreja de Éfeso, no livro de Apocalipse:
 Conheço as tuas obras, tanto o teu labor, com a sua perseverança e que não podeis suportar homens maus (…) Tenho, porém contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à pratica das primeiras obras; e, se não venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas.”
Estamos cada vez mais parecidos com Éfeso. Fazemos as obras, mas esquecemos o mais importante: o amor. Deus espera que o nosso amor por ele venha acima de tudo. Mais do que nossas obras, Deus espera o nosso amor sincero a Ele.
A Igreja de Éfeso fazia as coisas corretamente, vivia uma vida cristã de boa moral, mas havia perdido o essencial; o pior acontecera, seu amor esfriou. A boa moral superou o fervor e a paixão deles por Deus. E isso vem acontecendo conosco; para aqueles que gostam muito de dizer: “Eu faço!” “eu sou!” e blá blá blá, tenho uma triste notícia para te dar … Se isso não for para Deus e por amor a Ele, de nada serve.
Gostamos também de Apocalipse 3:15-16 
 "Conheço as tuas obras, que nem és frio, nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! Assim, por que és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca.”
Penso no quanto Deus deve abominar cristãos mornos, meia boca. Não O amamos por inteiro, não servimos por inteiro e nem obedecemos por inteiro. Até para nós, homens, pessoas que ficam em cima do muro nos dão náuseas. Ninguém gosta de pessoas que não tomam decisões, que não tem opinião própria. Sempre enxerguei pessoas assim com falsas, e penso que  no cristianismo ser morno é ser falso com Deus, é tentar enganá-lo. 
Jovens, ouçam o que o Espírito diz as igrejas!
Não adianta estar com um pé na igreja e outro no pecado. Não barganhe com Deus, não tente comprá-lo. Deus é santo e justo!
” Antes, crescei na graça do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno. ” I Pedro 3:18
Sinceramente eu oro para que os jovens acordem dessa vida de engano, assim como um dia eu acordei. E eu espero, sinceramente, que você leve a sério a sua vida com Deus, e, se não for levá-la esfrie-se de uma vez antes que você seja vômitado.
“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz as Igrejas!” Apocalipse 3:6
Rachel Cristina (@onlyqueel)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem!
Comentem!