Páginas

26 de novembro de 2012

O que houve com o "Cristão" ?


Olhe em volta. Por todos os lados é possível enxergar o caos em que o mundo se encontra. Gente triste  confinada em seu próprio mundo. Gente que tenta silenciar a angústia com qualquer coisa. Gente doente, não por fora, mas por dentro. Pessoas que definham dia – a – dia sem conseguir cura.
Nós temos o remédio. Sim, temos o remédio. Esse remédio salvou nossas vidas e com certeza salvará muitas outras. No entanto somos negligentes. Tratamos esse remédio de qualquer forma. Seguimos um “Cristianismo torto” Esquecemos completamente o sentido de sermos sal da terra e luz do mundo (Mt. 5: 13 – 16). Nos julgamos santos demais, bons demais inclusive para buscar as almas que estão do lado de fora das portas das igrejas. Somos um bando de fariseus!
Esquecemos o valor do perdão (Mt. 5: 43:46)  jogamos fora esse conceito. Permitimos que o ódio envenene nossos corações nos tornando cada vez mais duros e cruéis.
Esquecemos que o juízo que eu usar contra meu irmão será usado contra mim (Mt. 7: 1-6), e de fato temos, por causa dessa amnésia, nos tornado assassinos perfeitos. Afinal de contas a crueldade da língua não “disciplina” não mata ninguém. Não derrama sangue.  É um crime “limpo”. Esquecemos que o princípio do Cristianismo é a MISERICÓRDIA  e ao contrário  de levarmos a cura aos doentes, simplesmente os viramos as costas.
Dia – a -dia não nos comportamos melhor que fariseus. Impondo leis, nos vestindo com a fantasia da santidade, sendo que nem metade do que pregamos, fazemos. Assassinando e perseguindo aqueles que precisam de acolhida e ainda temos  coragem de nos chamarmos CRISTÃOS?
Precisamos nos reencontrar com Jesus, sermos salvos de novo. Deixar que sua glória resplandeça e faça a diferença de fato. É realmente seguir o Cristianismo do princípio, quando Jesus combatia (e combate) bravamente a hipocrisia. Ainda há tempo! Façamos uma revolução no nosso modo de pensar e agir!
Um grande abraço de sua irmã em Cristo,
 Post Original de :Silvia Cristina
Rachel Cristina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem!
Comentem!