Páginas

15 de novembro de 2011

Só o EVANGELHO, por favor

- Repense e Reflita - 


Diretamente do Prosa de Crente

Certo dia, quando estava voltando para casa com algumas comprinhas, fui abordado por um rapaz que estava junto de um grupo de pessoas, todas elas com uma Bíblia na mão e trajando roupas sociais, apesar do forte calor. Nem deu pra duvidar: era um grupo de assembleianos fazendo evangelismo de rua. O rapaz me parou e perguntou se eu tinha um tempinho. Eu disse que não (e não tinha mesmo) mas ele não se fez de rogado e foi mandando a mensagem que ele tinha pra falar. Disse que Jesus se importava comigo e que, por isso, desejava salvar minha alma. Com um sorriso no rosto, eu disse que Jesus já havia salvado minha alma, ao que o rapaz reagiu com outro sorriso e um abraço. Trocamos algumas apresentações e fui pra minha casa, deixando ele e seu grupo trabalhando.

O que me chamou a atenção naquele rapaz não foi o fato de ele estar entregando panfletos em pleno domingo, ou estar suportando aquele sol todo usando tanta roupa. O que me impressionou e me deixou muito satisfeito foi a forma em que ele apresentou sua mensagem. "Jesus se importa com você e quer salvar sua alma". Assim, na lata. Sem nenhum rodeio ou floreio. Era isso que os missionários ali queriam transmitir, e é exatamente isso que as pessoas precisam descobrir. O Evangelho é isso! Sendo assim, todos nós, cristãos, precisamos transmitir essa mensagem para todo mundo.

A Igreja tem perdido muito tempo com outras mensagens bonitinhas ou poderosas, e acabam esquecendo do que realmente importa. Nem vou falar desse evangelho diferente que vemos aí, porque não quero dar ibope a isso nesse texto. Meu foco aqui é frisar que se temos que dizer alguma coisa àqueles que estão perto de nós é que Jesus Cristo se preocupa com cada um e que tem o grande desejo de salvar a alma de todos. Salvar do pecado, da morte, da escravidão e da vida medíocre que o mundo oferece. Diz pra mim: existe alguma coisa mais importante do que isso?

Existem muitas formas de se falar isso, desde o evangelismo de rua, como aqueles irmãos estavam fazendo, até as formas mais criativas, como cinema, teatro, etc, passando pela pregação nas igrejas ou dentro das casa, e por aí vai. Independente do formato, a mensagem deve ser essa. Se a gente não se preocupar em avisar o mundo de que Jesus tem salvação para eles, não estaremos cumprindo nosso papel e só nos restará ver outros fazendo isso em nosso lugar. E então, vamos deixar que as pedras clamem ou vamos arregaçar as mangas, focar naquilo que importa e falar ao mundo que Jesus salva?

E se você ainda não conhece Jesus, saiba que ele se importa com você e que, por isso, quer salvar a sua alma.

P.S.: que Deus abençoe o trabalho daqueles missionários que me abordaram na rua e que o Espírito Santo os use para que rendam muitos frutos.

Por Jean Correa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem!
Comentem!