Páginas

9 de novembro de 2011

Ganhando ou espantando vidas?

- Repense e Reflita -

“E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens” (Mateus 4:19)
Diretamente do Achando Graça

Estamos ganhando ou espantando vidas?
Bem, que nós devemos ganhar vidas para o reino de Cristo, isso não é nenhuma novidade para nenhum de nós , salvos pela graça de Deus mas, que métodos temos usado para isso?
Tem gente que acorda inspirado,  levanta cheio do espírito e decide que vai para a  rua evangelizar. Ai o cara vai, veste o melhor terno que tem (agora pensa nesse melhor terno no sol escaldante de 40 graus de Palmas-TO) chega no tiozinho que tá sentado tomando café naquele lanchinho perto de casa, e o diálogo começa assim “Eu queria te dizer que Deus te ama, tem um plano maravilhoso pra sua vida mas se você não se arrepender dos seus delitos e pecados e aceitar a Jesus você vai para o inferno”.
PRONTO!! Ou você ganha uma vida por medo do terrorismo que você implantou logo de cara ou a perde pra sempre e o cara ainda te chama de doido e da próxima vez que o vir na rua vai dar a volta na cidade pra não passar perto de você.
As pessoas precisam saber que têm um Deus que as ama incondicionalmente através de vidas que demonstrem isso! Não adianta falar do amor de Deus para uma pessoa que está necessitada sem estender a mão e provar pra ela que esse amor realmente existe, ou ouvir de alguém que o sofrimento que tem passado é por culpa do pecado que tem cometido. Tá, na verdade as pessoas precisam sim reconhecer seus pecados, mas não antes de saber que existe alguém que se importa de vê-las mudando…
Eu me arrisco a dizer que o momento que Deus mais nos ama é quando estamos enfrentando dificuldades, estamos em processo de mudança como, por exemplo , aceitando a  Ele como único Senhor e Salvador, e ver o esforço, o empenho e a dedicação em querer mudar, ver nossa total dependência dEle.
Outra coisa que influencia muito na questão da conversão é o cuidado..o pós-evangelismo digamos assim.
 Você foi responsável  por ter levado uma vida à Deus? Então cuide ! Um novo convertido é como um recém nascido. Precisa de suporte, de atenção, de amor, cuidado…não adianta apresentar à Ele um novo estilo de vida e deixa-lo solto se não ele vai voltar para a vida que levava! Você precisa segurar na mão dele e cuidar até que ele consiga dar seus próprios passos. Isso faz toda a diferença na vida dessa pessoa.
Portanto, vamos parar de espantar as almas e ser um pouco mais atrativos e criativos (porque não?) enquanto servos, para que cada dia mais e mais pessoas conheçam nosso Deus maravilhoso!
Beijos gracinhas
Por Tata Holanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem!
Comentem!