Páginas

8 de outubro de 2011

Repense & Reflita



- A visita de Jesus -


Me veio uma estória de Bertold Brecht, um escritor de peças de teatro, que escreveu muito durante a primeira guerra mundial. Ele nos conta uma história de uma velha mulher que esperava a visita do Senhor, a visita de Jesus. Ela cuidou de tudo. Preparou a casa com muito mais cuidado do que Marta, aquela da Bíblia. Cuidou de cada detalhe, pois sabia que hoje o filho de Deus viria até a sua casa. Lógico, ela também cuidou de si mesma. Penteou o cabelo, botou uma roupa bem bonita, afinal, quem vinha era simplesmente o filho de Deus. Quando ela achou que tudo estava bem, tudo estava de acordo com a importância do hóspede. Sentou-se perto da lareira e esperou...  


O tempo passou e nada de Jesus chegar. Ela já estava ficando preocupada, quando alguém bateu à porta. Ela saltou ligeiro da cadeira, colocou rapidinho o tapete no lugar, ajeitou o cabelo e foi abrir a porta. Mas que decepção! Não era o Cristo. Era um mendigo querendo um pedaço de pão. Ela nem pensou duas vezes. Me desculpe, estou esperando uma visita muito importante e não tenho tempo para você agora. Por favor, vá para um outro lugar. Agora não dá! Voltou para a sua cadeira e esperou...


De repente, alguém bateu à porta. - Agora é Ele! Puxou um pouquinho para a direita o vaso de flores que estava sobre a mesa, passou ligeirinho na frente do espelho e correu para abrir a porta. Mas não era ele. Era um pobre velho que não tinha casa e que sempre buscava um abrigo na casa das pessoas bondosas da vila. Hoje eu não tenho tempo para você, estou esperando o Senhor Jesus, por favor não me deixe mais nervosa! Voltou para o seu lugar. 


Na terceira vez que alguém bateu à porta, ela já levantou furiosa, pois pensou que não seria Jesus. Abriu a porta rapidamente, pronta para dar uma bronca em quem quer que fosse que viesse atrapalhar neste momento tão importante na sua vida. E não deu outra. 


Desta vez era uma forasteira que chegou na cidade e não tinha onde pernoitar. Ela queria um local para dormir e passar a noite. Mas a velhinha não quis conversa, despachou logo a mulher e disse que tinha coisa muito mais importante para fazer e desabafou dizendo: Parece que sempre quando a gente quer ficar perto de Deus alguma coisa atrapalha. Que coisa! 


A velhinha acabou adormecendo na cadeira e teve um sonho. Neste sonho, Jesus chegou perto dela e  disse: estive três vezes na tua porta, pedindo para ser recebido, mas você não quis me receber.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem!
Comentem!